09
abr
10

Heróis que sangram

Por Betânia Soares

Alguns dos heróis dos quadrinhos não são imortais nem possuem poderes sobre-humanos. Existem aqueles que, como qualquer pessoa comum, sentem dor quando apanham, sangram, choram por amor ou por seus melhores amigos. O que os tornam “super” pode ser uma alteração em seus corpos, muito dinheiro para gastar ou engajamento no combate ao crime. Em uma série de materias especiais, vamos falar de personagens das Histórias em Quadrinhos que foram parar nas telas do cinema. E, para começar, três dos personagens que passaram de meros mortais para super-heróis.

 

Homem Aranha

Peter Parker é um jovem comum, universitário com excelentes notas e uma vida social nada significativa. Sua vida muda quando o jovem é picado por uma aranha. A primeira publicação do personagem foi na década de 1960, criado por Stan Lee em parceria com Steve Ditko. E no Brasil, era publicado pela editora Abril. Stan é autor de vários outros personagens como X-Men, Quarteto Fantástico, Incrível Hulk e o Homem de Ferro.

Em 2002, a Marvel Millenium, responsável por transformar quadrinhos em filmes, lançou a primeira produção do aracnídeo, dirigido por Sam Raimi. O mesmo diretor cuidou do segundo filme do Aranha, lançado em 2004, e do terceiro, que saiu em 2007. Durante toda a saga, o Homem Aranha foi interpretado por Tobey Maquire. Mas tanto o ator quanto o diretor não estarão em Homem Aranha 4.  Marc Webb, diretor de 500 dias com ela assume o próximo longa previsto para estar nos cinemas em 2012. Enquanto que o papel do herói ainda está sem ator definido. Entre os cogitados estão Zac Efron, Daniel Radcliffe, Robert Patinson, entre outros.

Apesar das mudanças genéticas pelas quais passa e que o tornam um herói, Peter Parker não deixa de ser um ser humano com problemas familiares e amorosos, conflitos de personalidade e fragilidades físicas.

Uma curiosidade sobre os 3 filmes do Homem Aranha (Spider Man) é que em todos eles Stan Lee faz aparições rápidas.

Leia mais sobre o Homem Aranha em: 

http://www.sobresites.com/quadrinhos/personagens/homem-aranha.htm

 

Homem de Ferro

Personagem também criado por Stan Lee, em 1963, o Homem de Ferro esconde a identidade do milionário empresaria do setor bélico Tony Stark, um típico playboy americano inspirado em Howard Robard Hughes Jr. Tony sofreu um acidente que fez com que estilhaços de uma bomba que explodiu entrassem em seu corpo. Não podendo ser completamente retirados, ele cria um dispositivo implantado em seu peito que impede que essas partes da bomba atinjam órgãos vitais.

O primeiro filme sobre ele também foi feito pela Marvel, com direção de Jon Favreau. No papel de Tony Stark está Robert Downey Jr. O elenco também conta com Terence Howard, Gwyneth Paltrow e Jeff Bridges. Stan Lee também aparece nesse filme.

 

 

 

O segundo filme estará nos cinemas no dia 30 de Abril de 2010.

 

 

 

 

 Batman

 Diferente dos outros dois heróis, Batman não é da Marvel. Foi criado a partir de uma parceria entre Bob Kane e o escritor Bill Finger, pela DC Comics. Kane, um admirador da cultura vampira e de personagens como o conde Drácula, se inspirou nessa linha para criar Batman. Ele é Bruce Wayne, um bilionário empresário que, quando criança, viu seus pais serem mortos a tiros. Por causa do trauma, Bruce aprende todo tipo de luta física para combater crimes em Gotham City, aperfeiçoando corpo e mente, e sem usar armas de fogo. Seu uniforme baseia-se em morcegos, um temor de criança. O que queria é os bandidos tivessem esse mesmo medo.

O primeiro filme de Batman exibido no cinema data de 1943 (O Morcego), dirigido por Lambert Hillyer. Lewis Wilson era Batman e Douglas Croft, Robin. Em 1949, Spencer Gordon Bennet dirigiu Batman & Robin. Robert Lowery era o homem-morcego e Johnny Duncan, seu parceiro Robin. Outro filme foi feito em 1966, com direção de Leslie H. Martinson (Batman: The Movie), era estrelado por Adam West e Burt Ward era Robin. A nova saga é de 1989, dirigido por Tim Burton. Michael Keaton interpretava o herói mascarado, Jack Nicholson o coringa e Kim Basinger era Vicki Vale. Esta produção ganhou o Oscar de Melhor Direção de Arte. Burton também dirigiu Batman Retorns, 1992, produziu Batman Forever, 1995, cujo diretor era Joel Schumacher, que dirigiu o filme seguinte Batman and Robin, 1997.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

As produções mais recentes são Batman Begins, 2005, e The Dark Knight, 2008, dirigidos por Christopher Nolan, onde Christian Bale vive o homem-morcego. O filme de 2008 recebeu ótimas críticas e redeu duas premiações: o Oscar póstumo de melhor ator coadjuvante para Heath Ledger, que roubou a cena interpretanto o Coringa, e o prêmio de Melhor Direção de Som.

O próximo filme de Batman ainda não tem nome comercial. Mas sabe-se que o vilão será o Charada. Seria o Coringa novamente, se Heath Ledger não tivesse morrido. O diretor não cogitou por outro ator em seu lugar porque, de tão brilhante que Ledger foi no papel, poderia arruinar a série.

Anúncios

0 Responses to “Heróis que sangram”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: