31
mar
10

Qualidade e gratuidade

Por Natália Figueiredo   

O que fazer quando queremos assistir a um filme mais “cult” ou apenas com um conceito mais artístico que o cinema comercial? Ir a qualquer locadora não é a melhor solução, já que na maioria delas é difícil encontrar filmes do gênero. Ir a um cinema mais alternativo pode ser uma opção que nem sempre está ao alcance de nossos bolsos. Por conta disso, muitos recorrem aos downloads ou a pirataria para ter acesso ao cinema-arte. Mal sabem que a cidade oferece opções gratuitas  de exibição desses filmes.   

famosa cena de psicose, filme de Hitchcock

  

No mês de março, por exemplo, aconteceram exibições especiais dos filmes de Alfred Hitchcock na biblioteca pública Roberto Santos, na Zona Sul de São Paulo e na Galeria Olido, no centro. O cineasta considerado o mestre do suspense, teve sua filmografia completa exibida entre os dias 2 e 14 gratuitamente. Foi exigido apenas que o ingresso fosse retirado com um tempo de antecedência.   

O Centro Cultural de São Paulo também sempre oferece diversas opções de filmes e documentários do gênero. Neste mês, em homenagem ao dia Internacional da Mulher, ele exibiu oito musicais clássicos em que aparecem musas do cinema, como New York, New York de Martin Scorcese e Xanadu de Robert Greenwald. Exibiu também um especial com clássicos de terror como Frankstein e O Lobisomen.   

Para os que não conhecem, existe ainda, a Cinemateca Brasileira. Ela é uma espécie de biblioteca da produção áudio-visual nacional, possui mais de 200 mil rolos de filmes.  Nela ocorrem exibições de filmes por 4 reais, podendo estudante pagar 2.   

No mês de abril acontecerá a exibição de curtas, um especial com filmes do cinema de Portugal e uma mostra de filmes clássicos e raros do cinema brasileiro. É permitido também pegar filmes emprestados do acervo, mas é necessário um requerimento pelo menos 60 dias antes…    

  

Cinemateca Brasileira

 Vale a pena também ficar atento aos festivais de cinema. Ano passado, por exemplo, o Festival de cinema da América Latina exibiu gratuitamente produções de artistas latino-americanos. A mostra aconteceu em espaços como o Memorial da América Latina e o Museu da Imagem e Som , tudo isso durante o mês de julho. Ainda não há informações sobre o festival desse ano.  

Para saber onde e quando acontecerá exibições gratuitas ou de baixo custo acesse: 

O portal da secretaria da cultura: http://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/cultura/ 

A programação do Centro Cultural de São Paulo: http://www.centrocultural.sp.gov.br/index.asp 

O site da cinemateca: http://www.centrocultural.sp.gov.br/index.asp 

A programação do Memorial da América Latina: http://www.memorial.sp.gov.br/memorial/index.jsp 

O Museu da Imagem e Som: http://www.mis-sp.org.br/ 

Se você sabe de algum outro lugar onde acontecem essas exibições ou já teve alguma experiência em algum dos eventos citados nesse post,  pedimos que deixe aqui sua sugestão ou conte sua experiência.

Anúncios

0 Responses to “Qualidade e gratuidade”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: